1 2 3 4

sábado, 6 de outubro de 2012

"Esse é um ano em que escolhemos aqueles que vão escrever e aprovar as leis que vão nos reger, as quais teremos que obedecer, nos nossos municípios. A democracia foi uma conquista árdua nessa nação; o voto direto é a chance que temos de participar do futuro de nossas cidades, o que deve ser extremamente valorizado, pois ainda hoje, esse é o sonho de muitos povos que vivem sob regimes ditatoriais.
Na década de 70, jovens em todos os países da América latina, se engajavam em movimentos por mudanças sociais e políticas, visando um amanhã melhor para si e os seus; muitos deram suas vidas em revoluções, pelo privilégio nosso de eleger nossos representantes. Hoje, me assusta o desinteresse dessa geração por assuntos políticos; por isso defendo que não podemos ser alienados, temos obrigações, direitos e deveres como cidadãos. Obviamente, ninguém tem obrigação de ser politizado, mas o maior castigo de quem não gosta de política, é ser governado por quem gosta. 
Escolha bem seu candidato, não anule seu voto, não vote em branco, em meio à toda corrupção do sistema político, há excelentes representantes de uma renovação na política. Vote com consciência, procure conhecer propostas, projetos, histórico, busque referências, não vote por votar. Respeito os que preferem não se envolver, mas não é com omissão que vamos construir um Brasil melhor e transformado." 
Amo vocês, Deus os abençoe.
Pr. Luciano